Categoria: Sindicato

SJ presente em nova concentração contra despedimento no GMG

No dia em que vai decorrer a segunda reunião de informação e negociação relativa ao processo de despedimento coletivo no Global Media Group, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) far-se-á representar, de novo, reafirmando a sua solidariedade, na concentração convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores das indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site-Norte) para esta quinta-feira. Trata-se da segunda ação de denúncia pública de um despedimento que envolve 81 trabalhadores, entre os quais 17 jornalistas, do DN, JN, O Jogo e outras publicações. O SJ reafirma que esta é uma decisão inaceitável,  sobretudo porque ocorre depois de o GMG ter recorrido a apoios do Estado, nomeadamente ao layoff simplificado aplicado a cerca de 530 trabalhadores.  O SJ reafirma que o layoff não pode servir para financiar despedimentos.  O SJ não aceita que sejam sempre os trabalhadores a pagar a fatura dos erros de gestão e junta-se solidariamente à iniciativa do Site-Norte. O protesto está agendado para quinta-feira, 10 de ler mais

Protesto contra despedimento coletivo no Global Media Group

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) está solidário com a concentração convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site-Norte) em protesto contra o despedimento coletivo no Global Media Group. O despedimento em causa envolve 81 trabalhadores, entre os quais duas dezenas de jornalistas e muitos trabalhadores do setor gráfico do DN, JN, O Jogo e outras publicações. O SJ reafirma que esta é uma decisão inaceitável, sobretudo porque ocorre depois de o GMG ter recorrido a apoios do Estado, nomeadamente ao layoff simplificado, aplicado a cerca de 530 trabalhadores.  O SJ contesta – e fê-lo junto do Governo – que o layoff sirva, na prática, para financiar despedimentos.  O SJ assinala ainda que a pandemia não justifica, por si só, as dificuldades económicas do GMG. Em boa verdade, estas existiam antes da crise sanitária e decorrem de erros de gestão.  O SJ não aceita que a fatura desses erros seja paga pelos trabalhadores ler mais

SJ pede audiência ao presidente do PSD

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) pediu uma audiência ao presidente e líder da bancada parlamentar do PSD, Rui Rio, para lhe transmitir o relato e o retrato das crescentes debilidades da comunicação social a nível nacional e regional.   A crise dos media, que já não era nova, agravou-se nos últimos meses com a pandemia da covid-19, pelo que foi com uma expectativa positiva, apesar de a considerar manifestamente insuficiente, que o SJ encarou a decisão do Governo, de 17 de abril, de antecipar as verbas já previstas para publicidade institucional – que, até ao dia de hoje, não chegaram às empresas. Esta demora de um apoio que se apresentou como urgente já levou o SJ a questionar o próprio primeiro-ministro, sem resposta.   A par disto, nos últimos meses, Rui Rio tomou posições públicas que levam a crer que não terá sido bem informado sobre o referido apoio de adiantamento das verbas da publicidade, que ainda não saiu do ler mais

SJ denuncia jornalistas ‘temporários’ na TVI

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) enviou uma queixa à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), denunciando a existência de duas dezenas de jornalistas contratados através de empresas de trabalho temporário na TVI/Media Capital. A queixa baseia-se em elementos fornecidos pela delegada sindical e pela comissão de trabalhadores da TVI, que o SJ recebeu na quarta-feira. O assunto foi, entretanto, noticiado publicamente (https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/tvi-tem-mais-de-20-jornalistas-de-empresas-de-trabalho-temporario). Na queixa, o SJ assinala que os referidos trabalhadores ‘temporários’ prestam serviço em igualdade de circunstâncias, sujeitos a escalas, horários e responsabilidades em tudo iguais aos trabalhadores do quadro da TVI/Media Capital. A denúncia desta situação torna-se ainda mais urgente no atual contexto, de novos acionistas e contratações. O SJ recorda que os jornalistas da TVI/Media Capital não têm progressão salarial significativa há vários anos, nem plano de carreiras acordado, que possam nivelar os desequilíbrios salariais existentes. O SJ assinala que, no atual quadro de investimento na empresa, é fundamental existir um acordo de empresa, que estabeleça ler mais

Resultados do projeto-piloto de Literacia para os Media apresentados em Washington

Os primeiros resultados do projeto-piloto de Literacia para os Media, desenvolvido pelo Sindicato dos Jornalistas (SJ) e pelo Ministério da Educação (ME), são apresentados amanhã, sexta-feira, no Newseum, em Washington DC, Estados Unidos da América. A apresentação tem lugar na International Roundtable da conferência NAMLE 2019 - "A path forward elevating conversation, unifying voices", organizada pela National Association for Media Literacy Education, a maior associação de literacia para os media dos EUA. “Os docentes aderiram ao projeto e superaram as expetativas em termos de atividades desenvolvidas com os alunos e com a comunidade, tendo criado projetos que justificam ser continuados. Faz, por isso, sentido, que o projeto de Literacia para os Media seja alargado a outras escolas no país”, refere o jornalista Vitor Tomé, que está em Washington, com o apoio da Embaixada dos EUA em Lisboa. No âmbito do projeto-piloto, realizado de janeiro a abril de 2019, foram feitas cinco oficinas de formação simultâneas, em cinco cidades (Porto, Águeda, ler mais

Projeto-piloto de formação de professores sobre literacia para os media termina amanhã

O projeto-piloto sobre Literacia para os Media, que formou uma centena de professores do 3.º ciclo e do secundário, docentes em 40 agrupamentos de escolas das regiões Norte, Centro, Lisboa, Alentejo e Algarve, termina amanhã, dia 27. Concebido por jornalistas e académicos da área da comunicação para professores, o projeto resulta de um protocolo entre o Sindicato dos Jornalistas e o Ministério da Educação. Em janeiro de 2017, na sequência do 4.º Congresso dos Jornalistas Portugueses, que aprovou uma moção considerando urgente promover a literacia para os media, o Sindicato dos Jornalistas apresentou ao Ministério da Educação uma proposta de intervenção nessa área. Dois anos depois, a 26 de janeiro, o projeto arrancava em cinco escolas de todo o Continente, com cinco equipas de dois formadores – um com um perfil mais académico na área da comunicação, outro com um perfil mais de jornalista profissional –, em cinco sessões simultâneas, destinadas a disponibilizar aos professores metodologias, recursos e ferramentas que ler mais

Escolha o seu Futuro – Parlamento Europeu lança curta-metragem para combater abstenção

A um mês das Eleições Europeias, que se realizam a 26 de maio em Portugal, o Parlamento Europeu lança o filme “Escolha o seu Futuro” para incentivar o voto. A curta-metragem pretende encorajar os cidadãos a participarem nas Eleições Europeias e a refletirem sobre as gerações futuras, que terão de viver com as consequências do seu voto. Dirigida pelo premiado realizador Frédéric Planchon, retrata os momentos mais intensos, belos e frágeis que rodeiam o nascimento de bebés. O filme é narrado por uma criança que apela ao sentido de responsabilidade dos eleitores. “Cada um de nós pode deixar uma marca, mas, juntos, podemos fazer toda a diferença. Escolha a Europa em que quer que eu cresça”. As Eleições Europeias, que se realizam em todos os Estados-Membros entre 23 e 26 de maio, vão traçar o futuro e a direção da União Europeia (UE). O sentimento de unidade está em linha com os resultados de um inquérito recente, encomendado pelo Parlamento ler mais

Três anos depois… Expresso continua sem divulgar jornalistas supostamente implicados no caso do Grupo Espírito Santo

O Sindicato dos Jornalistas volta a exigir ao Expresso que divulgue os nomes dos jornalistas supostamente envolvidos numa investigação judicial ao Grupo Espírito Santo. A 23 de abril de 2016, o semanário Expresso pôs em causa o coletivo dos jornalistas portugueses, ao publicar que a lista de alegados pagamentos da ES Enterprises, offshore conhecido como “saco azul” do Grupo Espírito Santo, continha mais de uma centena de pessoas, incluindo jornalistas. Ora, o Expresso nunca identificou nenhum desses jornalistas, cobrindo com um manto de desconfiança todo um conjunto de profissionais. A credibilidade do jornalismo é fundamental em democracia e não podemos deixar que ela seja minada por alegações por provar, nem permitir que toda uma classe fique sob suspeita. Além disso, só a divulgação dos nomes permitirá agir nos casos que, e se, vierem a ser provados. Saudando o jornalismo de investigação, de que é exemplo a divulgação dos Panama Papers, o Sindicato dos Jornalistas apela ao Expresso para agir com ler mais

Estatutos do SJ

Os Estatutos do Sindicato dos Jornalistas em vigor foram publicados no Boletim do Trabalho e Emprego n.º 47, de 22 de Dezembro de 2009, tendo sido objecto de uma com alteração publicada no BTE n.º 24, de 29 de Junho de 2010. O texto que se publica neste espaço é o consolidado.