Etiqueta: RSF – Repórteres Sem Fronteiras

O Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa 2018: “o ódio ao jornalismo ameaça as democracias”

A edição 2018 do Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa elaborado pela Repórteres sem Fronteiras (RSF) aponta para a expansão de um sentimento de ódio dirigido aos jornalistas. A hostilidade reivindicada contra os meios de comunicação, encorajada por políticos e pela vontade de regimes autoritários de exportar sua visão do jornalismo, ameaça as democracias. O Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa, que avalia anualmente as condições para o exercício do jornalismo em 180 países, revela um clima de ódio cada vez mais acentuado. A hostilidade dos dirigentes políticos em relação aos meios de comunicação não é mais o privilégio de… ler mais

RSF divulga índice mundial da liberdade de imprensa 2006

A organização Repórteres Sem Fronteiras divulgou o seu índice mundial de liberdade de imprensa, no qual é visível uma tendência para a manutenção dos países onde este direito é menos respeitado: Coreia do Norte, Eritreia, Turcomenistão, Cuba, Birmâmia e China. O índice é liderado pela Finlândia, Irlanda, Islândia e Países Baixos. Portugal surge na décima posição.

Ano de 2005 foi mortífero para os jornalistas

Os relatórios do Comité para a Protecção dos Jornalistas (CPJ), da Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e do Instituto Internacional para a Segurança da Imprensa (INSI) sobre as mortes de jornalistas em 2005 são unânimes em considerar o ano transacto como um dos mais mortíferos para a classe, apesar das diferenças nos números apresentados e nas metodologias de contagem utilizadas.