Categoria: Notícias/Internacional

Webinar sobre Liberdade de Imprensa

O Parlamento europeu organiza no próximo dia 27 de novembro, às 10h00  um webinar com os eurodeputados membros da Comissão das Liberdades Cívicas, da Justiça e dos Assuntos Internos. Os deputados Isabel Santos, Paulo Rangel e Nuno Melo são moderados por Pedro Cordeiro, jornalista do semanário “Expresso”. O debate é aberto e pode ser acompanhado na página do Facebook do Parlamento Europeu ou no estúdio virtual do Parlamento Europeu em Portugal.

O Parlamento Europeu apresenta hoje o prémio de jornalismo Daphne Caruana Galiza.

A cerimónia do prémio decorrerá online esta sexta-feira, das 12:30 às 13:00 (hora de Bruxelas, menos uma em Lisboa), na página do Facebook do Parlamento Europeu (PE). A vice-presidente do PE, Hedi Hautala (Verdes, Finlândia), e o eurodeputado David Casa (PPE, Malta) vão conduzir a cerimónia. O filho da jornalista homenageada, Andrew Caruana Galizia, vai participar remotamente, a partir de Malta. O público poderá colocar questões aos oradores. O prémio, que irá distinguir o jornalismo que reflita os princípios e valores da União Europeia, é lançado por ocasião do terceiro aniversário do assassínio da jornalista de investigação maltesa. Daphne Caruana Galiza, jornalista de investigação e blogger maltesa, foi morta num atentado com um carro armadilhado, a 16 de outubro de 2017. Dedicava-se ao jornalismo de investigação, denunciando casos de corrupção governamental, branqueamento de capitais e crime organizado. O Parlamento Europeu irá dar início, em breve, ao processo de seleção de uma organização independente que irá estabelecer os critérios para a atribuição do prémio… ler mais

Abertas candidaturas para jornalismo de investigação

O fundo IJ4EU lançou duas novas convocatórias para a apresentação de projetos de jornalismo de investigação transnacional na União Europeia (UE) e nos países candidatos à UE.
A convocatória prevê verbas entre €5.000 a € 50.000 para novos projetos de investigação transnacionais. O prazo final para a entrega de candidaturas é 14 de Junho de 2020. A convocatória terá uma segunda chamada em Agosto 2020.

SJ pede explicações sobre bloqueio a jornalistas na fronteira com Espanha

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) pediu explicações ao Ministério da Administração Interna para o facto de uma equipa de reportagem da agência de notícias Lusa – devidamente credenciada – ter sido impedida de passar a fronteira com Espanha, em Ayamonte, Castro Marim (Algarve), no dia 7. Ao que o SJ apurou, foi comunicado à equipa da Lusa que a circulação de jornalistas não está prevista no acordo de cooperação entre Portugal e Espanha, em vigor para o período de pandemia. Foi ainda dito que os jornalistas portugueses não podem entrar em Espanha, tal como os jornalistas espanhóis não podem entrar em Portugal. O SJ não compreende os argumentos utilizados e recorda que muitos outros profissionais dos dois países estão autorizados a atravessar a fronteira comum. Por isso, o SJ considera que tal decisão representa um ataque à liberdade de imprensa. O atual contexto de emergência não pode servir de pretexto para impor limitações injustificadas e abusivas, sendo fundamental assegurar que… ler mais

Covid-19: Inquérito da Federação Internacional de Jornalistas

A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) lançou um questionário sobre os efeitos da pandemia de covid-19 no trabalho dos jornalistas. Sendo estes dados cruciais para analisar a situação vivida pelos profissionais de informação durante a pandemia causada pelo coronavírus, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) apela à participação no inquérito (https://fr.surveymonkey.com/r/28VMWF8), disponível em inglês, francês e espanhol. A resposta ocupa apenas três minutos e terá de ser dada até 28 de abril.

Covid-19: Fundo para jornalistas

A National Geographic Society lançou um fundo de emergência para jornalistas de todo o mundo que desejem cobrir a COVID-19 nas suas comunidades.

O fundo vai distribuir entre mil a oito mil dólares para a cobertura local sobre a resposta e o impacto da pandemia global. Além das questões de saúde médica e física relacionados com o coronavírus, é incentivada a cobertura de temas que abranjam questões sociais, emocionais, económicas e de igualdade, com especial enfoque em populações carentes.

Sindicato dos Jornalistas condena assédio laboral na Agência France-Presse

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) condena as práticas recorrentes de assédio no local de trabalho e perseguição contra trabalhadores sindicalizados levadas a cabo pela Agência France-Presse (AFP). Pela segunda vez em um ano, o escritório da AFP em Lisboa é assolado por um caso de assédio e perseguição a jornalistas. Em ambos os casos, a administração da AFP não respeitou os direitos laborais dos seus trabalhadores e tentou marginalizar a representação sindical dos jornalistas da agência. O primeiro caso resultou numa decisão judicial contra a AFP, considerando o despedimento injustificado, por não respeitar os procedimentos adequados e por falta de fundamento das acusações contra o trabalhador. A AFP parece não ter aprendido a lição. Agora, está a tentar despedir o novo representante do SJ no escritório de Lisboa, depois de inicialmente lhe ter imposto uma suspensão. Em ambos os casos, a AFP não respeitou o direito a um processo legal e justo e baseou-se em alegações infundadas e ridículas. Enquanto… ler mais

Prémio de fotografia atribuído a Nuno Pinto Fernandes

O últimos dias de Calais. 25/10/2016 Nuno Pinto Fernandes, fotojornalista freelancer e professor de fotojornalismo, é o vencedor do 1.º concurso de fotografia “Objetiva Europa”, realizado pelo Sindicato dos Jornalistas, em colaboração com o Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal.  A ideia deste prémio foi sublinhar os valores da União, em ano de Eleições Europeias. O júri, constituído pelo fotojornalista Adriano Miranda e por Teresa Coutinho (assessora de imprensa do Parlamento Europeu) e Pedro Mesquita (da Direção do Sindicato dos Jornalistas), considerou que a foto vencedora – “O fim da linha em Calais” – representa um grito de socorro ao que de melhor a Europa pode oferecer: os valores do humanismo e da solidariedade. Um grito contra o populismo num período da história marcado pela situação dos refugiados. É uma foto com um profundo simbolismo. Chocará alguns, por certo, mas representa, sobretudo, um incentivo à Europa para que seja, cada vez mais, um espaço de paz, inclusão e tolerância. O… ler mais

SJ solidário com CIR

O Sindicato dos Jornalistas está solidário com as rádios que integram a CIR (Cadeia de Informação Regional) que decidiram avançar com um boicote à cobertura de todas as ações de campanha, no âmbito das eleições europeias, que se realizam no próximo dia 26 de maio. A CIR é composta pelas rádios Ansiães (Carrazeda de Ansiães), Brigantia (Bragança), Onda Livre (Macedo de Cavaleiros) e Terra Quente (Mirandela), a Rádio Universidade (Vila Real) e a Rádio Montalegre (Montalegre).  O Sindicato dos Jornalistas sublinha a importância de existir uma imprensa livre, diversa e que promova a pluralidade de vozes e opiniões, independentemente do seu âmbito ser internacional, nacional, regional ou local.Esta tomada de posição prende-se com uma série de entraves que têm vindo a ser colocados às rádios locais, abaixo expressos por Fernando Sérgio, porta-voz da CIR: "Os nossos problemas são há muito conhecidos pela classe política, mas a situação das rádios de proximidade está, em nosso entender, numa fase crítica, decisiva: O… ler mais