QUINTA-FEIRA
27 de Abril de 2017 | 21:41

Sem debate de ideias não há jornalismo

Publicado a 11/02/2015 CONSELHO GERAL

O Conselho Geral do Sindicato dos Jornalistas, reunido pela primeira vez desde a tomada de posse dos novos órgãos sociais, anuncia em comunicado os compromissos para o triénio 2015/2017.


Comunicado


Um Conselho Geral activo e que faça a indispensável reflexão sobre o trabalho desenvolvido pelo Sindicato dos Jornalistas e sobre as condições gerais de exercício do jornalismo.

É este o ponto de partida e o compromisso expresso na primeira reunião do Conselho Geral do SJ, com a sua nova composição o resultante das eleições de 18 de Dezembro, e que conta com 21 membros efectivos. Este órgão social do sindicato foi criado justamente para estimular a dinâmica e ser um observador atento da realidade jornalística e da acção da Direcção do SJ, promovendo encontros ou dando parecer sobre assuntos que se julguem necessários.

A mobilização dos jornalistas em torno do sindicato e da defesa da profissão é uma das questões e metas que os membros do Conselho Geral observam como mais urgentes.

Mobilização que passa por cativar novos associados e estimular o regresso de quem já deixou de ser sócio ou de pagar quotas.

Mobilização que passa também por estimular os jornalistas a se organizarem nas suas redacções, ocupando os lugares consagrados por lei. A existência de Conselhos de Redacção, delegados sindicais ou Comissões de Trabalhadores nas empresas jornalísticas se sempre foi importante, é-o ainda mais fundamental nos tempos de hoje.

Nessa perspectiva de ampla participação em todos os órgãos que representam os profissionais, o SJ apresentou uma lista para eleger os representantes dos Jornalistas na Comissão da Carteira Profissional de Jornalistas (CCPJ). Uma candidatura que congrega pessoas de diversos órgãos de comunicação, uns candidatos pela primeira vez, outros com ampla experiência e conhecimento das matérias em causa na CCPJ.

Todos os jornalistas com carteira profissional válida podem escolher os seus representantes na CCPJ através da votação por correio ou presencialmente. Os membros do Conselho Geral realçam por isso a importância da participação dos jornalistas nas eleições, marcadas para 4 de Março.

A mobilização deve passar também por tornar mais visível a presença do Sindicato dos Jornalistas nas redacções e estimular a comunicação entre o SJ e os profissionais que representa. Por isso, os membros do Conselho Geral consideram fundamental que o SJ se organize no sentido de promover visitas às redacções, ouvindo de perto todos os intervenientes (redactores, fotojornalistas, editores, directores, etc) no processo jornalístico.

A “Mobilização dos jornalistas” deverá ser o tema da próxima reunião do Conselho Geral, a 16 de Março.

Lisboa, 10 Fevereiro 2015
O Conselho Geral do Sindicato dos Jornalistas



Versão para Imprimir