Menu Fechar

SJ condena ação de Joacine Katar Moreira

O Sindicato dos Jornalistas ( SJ) não compreende a atitude hoje tomada pela deputada do Livre, Joacine Katar Moreira, de pedir proteção à GNR, dentro da Assembleia da República, de forma a impedir os jornalistas de a questionarem.

A decisão da deputada atenta contra a liberdade de imprensa e revela uma prática anti-democrática tomada dentro da própria Casa da Democracia.
Os jornalistas têm direito a exercer a sua profissão, a qual implica o acesso a fontes e protagonistas das notícias, através da colocação de perguntas.
A atitude da deputada do Livre é grave e não se coaduna com o cargo para o qual foi mandatada.
O SJ espera que o Presidente da Assembleia da República tome as devidas medidas para que o caso não se repita.
O SJ considera, ainda, fundamental que as direções dos órgãos de comunicação social – não apenas dos diretamente visados no sucedido hoje, mas de todos, porque hoje são uns e amanhã serão outros – adotem uma resposta firme e coletiva perante toda e qualquer tentativa de limitar a liberdade de questionar e informar.