SJ alerta para urgência de apoio ao setor em audiência com Presidente

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) foi ontem recebido pelo Presidente da República, no Palácio de Belém, e alertou para a urgência de serem adotadas outras medidas de apoio ao jornalismo e à comunicação social, para além da única anunciada pelo Governo até ao momento.

O SJ deixou claro que o apoio de 15 milhões, anunciado pelo Governo há uma semana, é insuficiente para responder às fragilidades do setor, que se agravaram no contexto da pandemia de covid-19. Além disso, o SJ assinalou que, uma semana depois do anúncio, ainda não se conhecem os devidos detalhes sobre aquele apoio, nomeadamente os destinatários e o processo e o tempo de atribuição do mesmo. Uma semana depois, o Governo também ainda não concretizou o compromisso feito, aquando do anúncio, de começar imediatamente uma discussão, com vista à ação, envolvendo as principais organizações do setor.

O SJ entregou ao Presidente da República um documento (ler aqui), com um resumo do diagnóstico e a indicação de medidas concretas que, podendo ser adotadas rapidamente, representariam um apoio significativo para o jornalismo.

O SJ assinalou a relevância do jornalismo no contexto atual e o simbolismo de o Presidente da República ter dedicado a véspera do 25 de Abril a ouvir as principais organizações de um setor fundamental para a democracia e a liberdade.