Etiqueta: media

SJ pede esclarecimentos à Liga de Futebol sobre restrições ao acesso de jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) pediu esclarecimentos à Liga Profissional de Futebol sobre as regras de acesso aos jogos do campeonato no que concerne aos jornalistas. Perante a necessidade de restringir o acesso aos estádios quando o campeonato se reiniciar a 4 de junho, a Liga comunicou, através da diretora-executiva, que está a analisar o modelo a adotar, nomeadamente no que à comunicação social diz respeito. O SJ destaca que, mesmo em tempos de crise, é imperioso assegurar a liberdade de imprensa e o direito à informação, fundamentais em democracia e, no quadro das restrições impostas, defende que os jornalistas… ler mais

Comunicação social precisa de mais apoios

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) reafirma a necessidade de serem aprovados outros apoios à comunicação social, um mês passado sobre o único anúncio feito pelo Governo sobre o setor e a promessa, ainda por cumprir, de passar à discussão de outras medidas urgentes. O apoio de emergência de 15 milhões de euros anunciado pelo Governo a 17 de abril não é suficiente e impõe-se a adoção de medidas de médio e longo prazo, há muito sugeridas pelo SJ e outras organizações do setor. O SJ realça que já passou um mês desde que o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual… ler mais

Jornalismo ameaçado por crise laboral

À semelhança de outras atividades, o Jornalismo está ameaçado pela crise em curso, que não é apenas sanitária, mas já é também laboral. Numa altura em que o Jornalismo é mais fundamental do que nunca, há notícias diárias de fecho ou suspensão de publicações, reduções forçadas e poucas ou nenhumas receitas em muitos órgãos de informação regional, entrada em lay-off de empresas e grupos de dimensão nacional.     Ainda que possa ser a última solução, o lay-off resulta na diminuição efetiva da capacidade de produção jornalística, fragilizando ainda mais as já enfraquecidas redações de grande parte, senão da totalidade,… ler mais

SJ alerta para urgência de apoio ao setor em audiência com Presidente

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) foi ontem recebido pelo Presidente da República, no Palácio de Belém, e alertou para a urgência de serem adotadas outras medidas de apoio ao jornalismo e à comunicação social, para além da única anunciada pelo Governo até ao momento. O SJ deixou claro que o apoio de 15 milhões, anunciado pelo Governo há uma semana, é insuficiente para responder às fragilidades do setor, que se agravaram no contexto da pandemia de covid-19. Além disso, o SJ assinalou que, uma semana depois do anúncio, ainda não se conhecem os devidos detalhes sobre aquele apoio, nomeadamente os… ler mais

SJ reivindica apoios de médio e longo prazo para o setor

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) considera positivo o apoio de emergência ao setor da comunicação social anunciado hoje pelo Governo, mas realça que não é suficiente e que se impõem medidas de médio e longo prazo para responder a uma crise estrutural, agora agravada com o contexto da pandemia de covid-19. O Governo anunciou hoje uma compra antecipada de publicidade institucional no valor de 15 milhões de euros, como medida de apoio de emergência para o setor, sendo que 75% da verba se destina a órgãos nacionais e 25% a órgãos regionais e locais. O SJ saúda que a Literacia… ler mais

Governo italiano atribui 600 euros a jornalistas impedidos de trabalhar

O Ministério do Trabalho italiano aceitou o pedido do Conselho da Associação de Jornalistas da Lombardia (https://www.aipsmedia.com/index.html?page=artdetail&art=27886) para apoiar com 600 euros os jornalista italianos impedidos de trabalhar devido às medidas adotadas para conter a epidemia de covid-19. O setor da informação, essencial à democracia, é um dos mais atingidos pela pandemia, sendo que, entre os jornalistas, os freelancers são especialmentes afetados. Embora não resolva todos os problemas, o apoio, que já conta com milhares de pedidos, pode aliviar a situação dramática dos profissionais dos órgãos de comunicação social.

O jornalismo não pode entrar em lay-off

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) alerta para as implicações do recurso ao lay-off no jornalismo, que é ainda mais importante em tempo de crise, já que deste decorre uma diminuição efetiva da capacidade de produção jornalística. Admitindo que o lay-off seja a melhor solução para algumas situações pontuais, enquanto instrumento de alívio financeiro de curto prazo, o SJ alerta para a fragilização que implica nas já enfraquecidas redações de grande parte, senão da totalidade, dos órgãos de comunicação social portugueses. Há anos que as redações se debatem com falta de jornalistas para fazerem melhor jornalismo e muito do trabalho realizado… ler mais

SJ apreensivo com encerramento da Redação de “A Bola” no Porto

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) está profundamente preocupado com os processos de lay-off que foram decretados pela Sociedade Vicra Desportiva (proprietária do Jornal A Bola, da revista Auto Foco e do site abola.pt) e Sociedade Vicra Comunicações (dona do canal A Bola TV). No caso de A Bola, causa-nos particular apreensão o facto de a redação no Porto ter sido encerrada, já que passam a estar em lay-off todos os jornalistas (escrita, fotografia e televisão), bem como todos os outros profissionais. São 23 as pessoas afetadas. Os associados do SJ na redação de A Bola no Porto, transmitiram preocupação pelo… ler mais

Comissária Europeia admite apoios a jornalistas

A vice-presidente da Comissão Europeia, Věra Jourová, garantiu que a Comissão não se oporá à concessão de auxílios económicos aos media e instou todas as organizações de jornalistas nacionais a pressionarem os respetivos governos para obterem apoios estatais específicos. A Federação Europeia de Jornalistas (FEJ) reuniu-se, online, com a vice-presidente da Comissão Europeia, com a pasta dos Valores e da Transparência, com o objetivo de discutir soluções para a crise dos media, agravada pela pandemia da covid-19. A FEJ defendeu que é urgente o lançamento de planos de recuperação do setor em cada um dos Estados-membros. São precisas medidas direcionadas de apoio económico aos media,… ler mais

SJ apela às autoridades para investigarem pirataria de jornais e revistas

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) denuncia, e apela às autoridades competentes para que investiguem, a circulação de edições de jornais e revistas portugueses em PDF, totalmente gratuitas. A existência destas publicações é a condenação à morte do jornalismo como serviço público. As dificuldades financeiras da comunicação social agudizaram-se com a crise desencadeada pela pandemia de covid-19.  O risco de este setor colapsar existe e a prová-lo estão os apelos feitos recentemente ao Governo para assumir medidas de apoio aos media, lançados quer pelo SJ, quer pela Plataforma dos Media Privados e pela Associação Portuguesa de Imprensa, que agregam vários órgãos de comunicação social.… ler mais