Etiqueta: act

Autoridade para as Condições do Trabalho em debate

A organização Práxis-Trabalho e Sindicalismo vai realizar um debate sobre a situação da Autoridades para as Condições do Trabalho (ACT), nomeadamente sobre os seus recursos e meios em contexto de teletrabalho, no dia 24 de fevereiro, às 21h00. A videoconferência “A ACT e a Proteção do Trabalho na Pandemia: O Que é Preciso Mudar?” contará com as intervenções de Carla Monteiro, inspetora do trabalho e dirigente sindical, Francisco Figueiredo, dirigente sindical da hotelaria e turismo/CGTP-IN, João Leal Amado, professor na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra e especialista em Direito do Trabalho, e Vanda Cruz, dirigente sindical da UGT. A moderação estará a cargo da presidente da Direção do Sindicato dos Jornalistas, Sofia Branco, e Henrique Sousa, da direção da Práxis, fará as conclusões. As inscrições podem ser feitas em https://tinyurl.com/1pxo1jfy e a videoconferência será transmitida nas redes sociais da associação Práxis.

Sindicatos exigem o reforço da Autoridade para as Condições do Trabalho

Os Sindicatos filiados nas duas Centrais Sindicais, Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional (CGTP-IN) e União Geral de Trabalhadores (UGT), e o Sindicato dos Jornalistas, independente, que, juntos, representam mais de um milhão de trabalhadores/as, vão apresentar um Manifesto sobre a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), que reivindica uma ação célere e eficaz deste organismo fundamental para assegurar a proteção dos direitos dos/as trabalhadores/as. O documento "POR UMA ACT MAIS EFICAZ NA GARANTIA DOS DIREITOS LABORAIS", presente no final da notícia, e será entregue formalmente pelas três entidades subscritoras à ministra do Trabalho e à Inspetora Geral do Trabalho, a quem serão pedidas audiências. O ato público de assinatura do documento está agendado para dia 13, quarta-feira, às 12h, na sede do Sindicato dos Jornalistas, Rua dos Duques de Bragança, 7 E, ao Chiado. Documento "POR UMA ACT MAIS EFICAZ NA GARANTIA DOS DIREITOS LABORAIS".