QUINTA-FEIRA
27 de Abril de 2017 | 21:43

Ensaio jornalístico

Publicado a 09/03/2017 NOTÍCIAS

A Universidade Aberta criou um curso sobre ensaio jornalístico. Uma aposta na escrita de não ficção


Texto argumentativo de não-ficção, o ensaio cruza-se muitas vezes com o jornalismo. Mas será que os jornalistas tiram partido das técnicas ensaísticas?
A Universidade Aberta propõe um curso organizado pela jornalista Isabel Nery, autora do livro "Chorei de Véspera - Ensaio sobre a Morte por Amor à Vida". Além da jornalista, os alunos do curso "A Arte do Ensaio Jornalístico" vão aprender com o escritor Mário de Carvalho (Prémio Ensaio PEN Clube 2015), o ensaísta Miguel Real e a atriz Maria Almeida.
A partir de textos ensaísticos de Kapuscínskí, Séneca, Michel Montaigne, George Orwell, Miguel Real (entre outros), o curso permitirá a análise das técnicas narrativas e formas de elaborar sobre temas especialmente complexos, como a morte, a guerra ou a política.
O ensaio como género literário tem sido valorizado de forma crescente noutros países. Com este curso, faz-se uma aproximação do estilo ensaístico a um tipo de escrita que tem vindo a ganhar adeptos.
Saber escrever ensaio é saber escrever de forma apelativa e convincente, favorecendo a arte da argumentação. Importa a quem pretenda criar ensaios, mas também a quem precise de elaborar textos não ficcionais que usem as técnicas da ficção para chegar ao público-alvo.
O curso terá 26 horas, custa 150 euros, e as aulas decorrem uma vez por semana (à quarta-feira), das 18 às 20h, a partir de 5 de Abril. As inscrições estão abertas até 20 de Março, no site da Universidade Aberta

Versão para Imprimir