Prémio de jornalismo para melhor reportagem sobre a dor

Estão abertas até 30 de outubro as candidaturas ao prémio de Jornalismo da  Angelini Farmacêutica, no valor de 3 mil euros.

As candidaturas para a 3ª Edição do Prémio Jornalismo da Angelini Farmacêutica, integrado na 11ª Edição do AUA! – ANGELINI UNIVERSITY AWARD 2019/2020, são obrigatoriamente subordinadas ao tema “Menos Dor, Mais Vida!”. O objetivo desta edição é ajudar a sensibilizar a opinião pública para as questões da dor crónica, uma condição que atinge três em cada dez indivíduos em Portugal.

Assim, será dada especial atenção aos artigos que abordem pelo menos um dos seguintes aspetos: novas métricas de avaliação/classificação da dor, novos produtos farmacológicos para tratar a dor, as tecnologias no diagnóstico e tratamento (por exemplo, realidade virtual), terapias alternativas e complementares para alívio da dor, linhas de apoio à dor, capacitação para prevenção da dor através de hábitos de vida – por exemplo, tratamento pelo exercício físico, ergonomia – programas e dispositivos, entre outros.

O Prémio Jornalismo da Angelini é dirigido a todos os jornalistas da imprensa escrita, internet e audiovisual. São elegíveis todos os trabalhos que sejam publicados ou emitidos por um meio de comunicação, em Portugal, entre 1 de janeiro e 30 de outubro de 2020, e que foquem as principais questões relacionadas com o tema da dor.

O júri do AUA! Prémio Jornalismo será composto por Conceição Martins, da Angelini, e pela jornalista Paula Rebelo, da RTP, especializada na área da Saúde.

O regulamento pode ser consultado aqui.