SJ denuncia intimidação a jornalista por parte do líder do Chega

SJ denuncia intimidação a jornalista por parte do líder do Chega

 

O deputado André Ventura, líder do partido Chega, publicou numa rede social, falsas insinuações contra um jornalista, desencadeando um rol de comentários agressivos, numa inaceitável tentativa de intimidação, que o Sindicato dos Jornalistas (SJ) entende dever denunciar publicamente.

A liberdade de expressão é um direito de todos, sem exceção, mas deve ser exercida com responsabilidade e não pode servir o incitamento ao ódio, nomeadamente por parte de quem ocupa cargos públicos e/ou de representação dos cidadãos.

Ao identificar um jornalista – por nome profissional e fotografia – acusando-o de publicar “mentiras” e atribuindo-lhe abusiva e enganadoramente propósitos ocultos, o deputado André Ventura desencadeou uma cadeia de insultos e ameaças ao visado – e, através dele, ao livre exercício do jornalismo, imprescindível em democracia.

O SJ manifesta a sua solidariedade com o jornalista visado, disponibilizando os serviços do seu gabinete jurídico para o que este entender ser necessário.