Incidentes com a imprensa nas eleições na Bielorrússia

As eleições presidenciais de domingo na Bielorrússia, ganhas pela terceira vez consecutiva por Aleksandr Lukashenko, ficaram marcadas por incidentes com a imprensa. As autoridades detiveram três jornalistas bielorrussos e impediram quatro profissionais russos de cobrir o acto eleitoral.

Sem qualquer justificação oficial, a polícia deteve no sábado os jornalistas locais Sergei Nerovny, do “Volny Gorod”, Andrei Shantarovich, do “Mestnaya Gazeta” e Ivan Roman, repórter da versão online do “Solidarnost”, assim como os russos Aleksandr Boldyrev, Gennady Pankov e Vladimir Ivanov, todos do jornal “Pravoye Delo”, que foram expulsos do país.

Quatro estudantes universitários que alegadamente colaboravam a tempo parcial com o mesmo jornal russo também foram detidos na estação ferroviária de Gomel e expulsos do país, não se sabendo se pretendiam ou não cobrir o acto eleitoral. Já no domingo, o jornalista do “Pravoye Delo” Vadim Valiyev foi detido e posteriormente libertado, após intervenção da embaixada russa.

Além destes casos, uma patrulha fronteiriça parou uma equipa do canal televisivo ucraniano Novi Kanal em Novaya Huta, detendo brevemente o repórter Mikhail Shamanov e o operador de câmara Sergei Dakhin e confiscando filmagens de uma manifestação da oposição.

Numa outra manifestação da oposição, em Minsk, o repórter checo Jan Rybar, do diário “Mlada fronta Dnes”, foi agredido por indivíduos não identificados que lhe roubaram o computador. Dado os agressores não terem demonstrado qualquer interesse pelo dinheiro que trazia consigo, o jornalista acredita que se tratavam de agentes dos serviços secretos bielorrussos KGB, embora não tenha como o provar.

Jan Rybar, que diz ter sido pontapeado na cabeça embora sem mais consequências do que algumas nódoas negras, já se encontra em Praga.

O fim-de-semana das eleições na Bielorrússia ficou ainda marcado por dificuldades técnicas no acesso a sítios noticiosos independentes, justificadas pelas autoridades como resultado de um elevado tráfego dirigido aos mesmos.