Grécia recusa vistos a jornalistas da Macedónia

As autoridades gregas recusaram, a 2 de Junho, vistos de entrada no país a três jornalistas da Antiga República Jugoslava da Macedónia, sem apresentar qualquer explicação oficial para a recusa.

Os jornalistas em causa pertenciam à estação televisiva A1 e, no pedido que fizeram para visitar o norte da Grécia, esclareceram que iriam encontrar-se com o presidente da comissão grega do Gabinete Europeu de Línguas Minoritárias e com dirigentes do EFA-Rainbow, o partido político da minoria macedónia na Grécia.

A decisão motivou o protesto da Organização de Média do Sudeste da Europa (SEEMO), que pediu à Grécia que tratasse todos os jornalistas de igual modo e lhes permitisse liberdade de movimentos para exercerem a sua profissão.