FIJ critica comportamento da administração da RTP

A Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) “está preocupada com o comportamento da administração da RTP e da RDP, o qual provocou uma greve de jornalistas, que começou hoje”, lê-se numa carta de protesto enviada ao presidente da empresa, Almerindo Marques.

A carta, assinada pelo secretário- geral da FIJ, Aidan White, salienta que o apoio ao Sindicato dos Jornalistas (SJ) e aos trabalhadores em greve se naseia no facto de “um jornalismo de qualidade e independente, especialmente no sector público, exigir respeito pela dignidade dos trabalhadores dos média e o reconhecimento do seu direito a condições de trabalho condignas”.

A FIJ pede ao presidente da administração da RTP “que retome as negociações com o SJ e com os outros sindicatos envolvidos no conflito e que tenha maior respeito pelo direito fundamental do diálogo social, no interesse dos trabalhadores e do público”.