Equipa da France 2 atacada nos subúrbios de Paris

Uma equipa de filmagens do canal televisivo France 2 foi atacada a 31 de Outubro em Clichy-sou-Bois, nos subúrbios orientais de Paris, enquanto entrevistava familiares de um adolescente que três dias antes ficou ferido na vista durante confrontos com a polícia.

O ataque foi efectuado com barras de ferro e de madeira e provocou ferimentos na cabeça do operador de câmara, que precisou de vários pontos para suturar a ferida. Além disso, os agressores roubaram a câmara, assim como bens pessoais do editor e do técnico de som, tendo provocado ainda danos no carro de reportagem.

Em declarações à Repórteres Sem Fronteiras (RSF), o editor da France 2 Roger Motte afirmou que infelizmente estes ataques são cada vez mais comuns e que o operador de câmara que sofreu ferimentos desta vez já tinha sido assaltado há cerca de um mês numa outra reportagem.

A RSF deu ainda conta de um outro caso, ocorrido a 27 de Outubro, com um fotógrafo da France Presse, que foi atacado quando fotografava carros em chamas também em Clichy-sous-Bois e cuja máquina fotográfica foi roubada pelos agressores.