Dois dias de greve em três diários italianos

Os diários “Il Matino di Padova”, “La Tribuna di Treviso” e “La Nuova di Venezia e Mestre”, todos pertencentes ao grupo Finegil, proclamaram dois dias de greve, o primeiro dos quais se realiza hoje, 12 de Julho.

Os motivos que levam os três títulos a optar por esta forma de luta prendem-se com a existência no grupo de contratos de estágio a termo inferiores a 18 meses e não reconhecidos pela Ordem regional de jornalistas, e com a violação do artigo 34.º do contrato nacional de trabalho jornalístico, pela falta de apresentação e entrega de cópia do balanço anual.