SÁBADO
17 de Agosto de 2019 | 16:19

8.ª Edição do Prémio Dignitas de jornalismo

Publicado a 02/03/2016 SÓCIOS

Estão abertas até ao dia 31 de Março as candidatura à 8.ª edição do Prémio Dignitas de jornalismo, uma iniciativa da Associação Portuguesa de Deficientes. Ao primeiro prémio é atribuído um valor de 4 mil euros.


O Prémio Dignitas, da Associação Portuguesa de Deficientes (APD), com o apoio da MSD e da Escola Superior de Comunicação Social, destina-se a premiar os melhores trabalhos, publicados ou difundidos nos órgãos de comunicação social portugueses, realizados por profissionais da comunicação social, subordinados ao tema da deficiência e que promovam a dignidade das pessoas com deficiência, os seus direitos humanos e a sua inclusão social.

As candidaturas deverão ser formalizadas até ao dia 31 de Março de 2016, junto da sede da APD, pessoalmente ou por correio.

Podem concorrer profissionais da comunicação social portugueses ou residentes em Portugal e as candidaturas poderão ser individuais ou colectivas. Podem igualmente candidatar-se ao Prémio Dignitas estudantes de Comunicação das Escolas Superiores e Faculdades de todo o País. Os trabalhos nas categorias de Jornalismo e de Estudante não são acumuláveis.

Criado em 2009, o Prémio Dignitas assinala este ano a sua oitava edição. As matérias a concurso, publicadas em 2015, terão necessariamente que ser editadas em português. Ao 1º Prémio é atribuído um valor pecuniário de 4.000,00 euros e às restantes categorias 2.000,00 euros a cada uma (Imprensa, Rádio, Televisão e Jornalismo Digital). No caso do Prémio Dignitas Jornalismo Universitário, o prémio é de 1.500,00 euros. O Júri poderá ainda atribuir Menções Honrosas.

Regulamento e ficha de inscrição em anexo.

Ficheiros em Anexo

RegulamentoFicha de Inscrição
Versão para Imprimir