Venda do grupo norueguês Orkla preocupa FEJ

A Federação Europeia de Jornalistas (FEJ) está preocupada com a venda anunciada do grupo norueguês Orkla Media, pois teme que isso possa comprometer a independência editorial e a qualidade que têm marcado os títulos do grupo.

Alertando que vai estar atenta ao processo de venda, a FEJ instou a Orkla ASA, empresa-mãe da Orkla Media, a assegurar que qualquer novo dono mantenha o compromisso com as qualidades que ajudaram a construir a reputação do grupo nos países onde está presente: Noruega, Suécia, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Polónia, Lituânia e Ucrânia.

“A reputação de qualidade e diálogo social, que foram a imagem de marca da Orkla Media e que são um dos motivos para o respeito de que é alvo entre os jornalistas europeus, deve continuar a existir”, frisou Arne König, presidente da FEJ.