Trabalhadores aprovam greve na BBC

Milhares de trabalhadores da BBC votaram a favor da greve contra a decisão da empresa em despedir pessoal e reduzir os orçamentos, tendo o ‘Sim’ registado uma percentagem superior a 80 por cento, informou o Sindicato Nacional de Jornalistas britânico (NUJ).

“Este resultado é um reflexo da enorme fúria contra os cortes propostos por Mark Thompson. O plano de cortes está mal pensado, não bate certo, vai causar danos irreparáveis à qualidade e aos padrões da BBC e foi muito bem rejeitado pelos trabalhadores”, afirmou Jeremy Dear, secretário-geral do NUJ.

O dirigente sindical britânico elogiou ainda a forma como os trabalhadores mostraram que, “ao contrário da direcção”, estão prontos para defender o futuro da BBC.

Durante a manhã de 12 de Maio, elementos do NUJ e dos outros dois sindicatos representados na BBC – Bectu e Amicus – vão-se reunir para planear a greve e renovar o pedido de negociações sérias entre a direcção e os dirigentes sindicais, numa última tentativa de evitar a paralisação.