Sindicato galego pede renovação de contratos na televisão regional

O Sindicato de Jornalistas da Galiza (SXG) reclamou a 4 de Outubro que o director-geral da Companhia de Radiotelevisão da Galiza (CRTVG), Benigno Sánchez García, renove o contrato aos quase cem trabalhadores que foram ou estão em vias de ser despedidos em Outubro, instando-o a reduzir a percentagem de pessoal temporário na equipa da empresa pública.

Em comunicado, o SXG mostrou o seu total apoio aos trabalhadores da CRTVG, alguns dos quais com 15 anos de casa, mas “sempre em situação de incerteza e desprotecção, porque não se reconhece a sua antiguidade no órgão”, dado estarem com contratos artísticos ou por projecto.

“O ente público deve dar o exemplo e não pode ter um índice tão elevado de precariedade laboral entre os seus empregados”, disse o SXG, reclamando uma “profunda revolução” nos órgãos de informação públicos galegos e pedindo ao novo governo regional que “acelere” a designação da nova direcção da CRTVG, para que se iniciem negociações laborais na estação.