Sindicato catalão quer média públicos fora de negociações políticas

O Sindicato de Jornalistas da Catalunha (SPC) manifestou surpresa e preocupação com notícias de que a Esquerda Republicana da Catalunha (ERC) exige o controlo da gestão dos meios de comunicação da Generalitat para formar o novo governo catalão.

Segundo o SPC, esta vontade “dificilmente é compatível com os princípios de independência, profissionalismo e neutralidade que se pretendem aprovar” com a nova lei da Corporação Catalã de Meios Audiovisuais, entidade gestora dos média da Generalitat, a qual é supostamente apoiada pela ERC.

Garantindo que não vai deixar de lutar pela aplicação dos critérios acima citados, o sindicato dos jornalistas catalães revelou-se ainda preocupado com a exigência da ERC pela imagem que a mesma dá dos meios de comunicação públicos, que aparecem como objecto de negociação ao nível de uma qualquer pasta, como se fizessem parte do governo regional.