Repórter ucraniano detido por cobrir manifestação anti-G8

O jornalista Maksym Butkevych, do canal televisivo 1+1, com sede em Kiev, na Ucrânia, foi detido a 9 de Julho quando filmava uma intervenção policial sobre uma manifestação de 50 pessoas contra o encontro do G8 em São Petersburgo.

O repórter foi condenado a três dias de prisão por alegada resistência às autoridades, apesar de negar tal acusação. Segundo a Associated Press, Butkevych foi um dos 37 jornalistas e manifestantes detidos no âmbito do protesto.

De acordo com o Comité para a Protecção dos Jornalistas (CPJ), esta detenção é parte de uma estratégia abusiva, pelo que “as autoridades russas devem libertar Maksym Butkevych imediatamente”.

Este caso sucede a dois outros que envolveram jornalistas alemães, sendo que dois deles – que estavam ao serviço de uma rádio universitária – foram libertados a 15 de Julho após terem passado seis dias detidos.