Prémio de Jornalismo Julio Anguita Parrado

A XII edição do galardão entrega um montante de 2.500 euros.

O Sindicato de Jornalistas da Andaluzia (SPA) organiza a XII edição do Prémio Internacional de Jornalismo Julio Anguita Parrado em homenagem ao profissional que morreu a 7 de abril de 2003 na guerra do Iraque.

O galardão implica um prémio de 2.500 euros e uma placa comemorativa, sendo objetivo da distinção, conforme admite a organização, “reconhecer uma trajetória profissional brilhante, comprometida com a defesa dos direitos humanos, de jornalistas de qualquer nacionalidade, de organizações ou entidade jornalísticas que tenham realizado trabalhos em zonas de conflito bélico ou de especial violência social”.

As candidaturas podem ser ser apresentadas por qualquer organização sindical inscrita na Federación de Sindicatos de Periodistas, mas também pelos órgãos executivos de outros sindicatos vinculados à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) e pelos próprios meios de comunicação.

Cada candidatura deve incluir o currículo de quem se candidata, bem como “toda a documentação escrita, gráfica ou audiovisual ou links para as mesmas, desde que se considere adequada para o reconhecimento de méritos”. Além disso, não pode faltar “um contacto telefónico e um endereço de correio eletrónico que o jurado possa usar caso pretenda efetuar verificações que considere oportunas”. O prémio será entregue em Córdoba a 7 de abril.

As candidaturas devem ser enviadas, até 5 de março, por via postal para Premio Internacional de Periodismo Julio Anguita Parrado, Sindicato de Periodistas de Andalucía, Calle Hileras, 1. 3.º F, 18001 Granada-España, ou através de correio eletrónico. Neste último caso, deve ser indicado no assunto o nome do candidato e as palavras Premio Julio, sendo o endereço comunicacion@spandalucia.com