Pré-aviso de greve no “Libération”

Os trabalhadores do “Libération” aprovaram a 28 de Novembro um pré-aviso de greve, que poderá ser confirmado a partir de 4 de Dezembro, como forma de protesto contra o plano da empresa que prevê o despedimento de 81 funcionários e a criação de cinco novos postos de trabalho.

O resultado da votação foi de 143 votos a favor do pré-aviso, 110 favoráveis a uma greve imediata, nove em branco e um nulo, tendo a participação rondado os 81 por cento, um valor bastante elevado dada a rapidez com que foi decidida fazer a votação.

A assembleia geral aprovou ainda quase por unanimidade (registou-se uma abstenção) uma moção de rejeição da amplitude do plano de despedimentos apresentado pela empresa a 27 de Novembro, dado que este põe em perigo a continuidade do título, e exigiu que até sexta-feira fosse colocado em prática um plano baseado no voluntariado.