Pessoal do “Bristol Evening Post” pondera greve

Os jornalistas do diário britânico “Bristol Evening Post” vão efectuar uma votação interna para decidir se avançam para a greve enquanto forma de protesto contra eventuais despedimentos no título.

Segundo Barry Fitzpatrick, dirigente do sindicato de jornalistas britânicos NUJ, “o nível de ansiedade foi exacerbado pelo facto do grupo Northcliffe não ter autorizado a administração local a responder a algumas perguntas colocadas pelos jornalistas”.

Perante as ordens superiores, os administradores do “Bristol Evening Post” apenas confirmaram aos jornalistas que iriam proceder a cortes no pessoal até ao Natal, mas não especificaram se estes seriam compulsivos, nem quais os critérios de selecção a serem aplicados.