Parecer do CD relativo a queixa sobre artigo do jornal A Bola

O CD recebeu uma queixa de Jaime Pereira alegando que o jornal pôs em causa o “bom nome” do seu pai, Filipe Gameiro Pereira, árbitro de futebol falecido em 1968, no artigo “Crucificados por causa de árbitro daltónico”.

Analisado o caso, o CD admite que o jornal tenha recorrido a informações da imprensa da época, embora tenha descurado o rigor necessário à produção do artigo.

Síntese de Parecer do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas

Assunto: Queixa sobre artigo do jornal A Bola

O CD recebeu uma queixa de Jaime Pereira sobre um artigo publicado a 1 de Setembro de 2010 no suplemento “Jogos do Centenário”, do diário desportivo A Bola.

Na queixa, enviada para o CD após pedido de direito de resposta e/ou de rectificação feita para A Bola a 8 de Outubro de 2010 – um mês depois de terminado o prazo legal para o exercício deste direito -, Jaime Pereira alegava que o jornal pôs em causa o “bom nome” do seu pai, Filipe Gameiro Pereira, árbitro de futebol falecido em 1968, no artigo “Crucificados por causa de árbitro daltónico”.

Após análise do caso, o CD concluiu que:

– o jornal escolheu um título pouco feliz e desrespeitador de princípios éticos e deontológicos, nomeadamente porque, centrando-se numa figura pública, Augusto da Fonseca, aponta para outra, o árbitro Gameiro Pereira, referido apenas para ilustrar um episódio da vida do primeiro e do clima político dos anos 40 do século passado em Portugal.

– porém, o CD admite que o jornal tenha recorrido a informações da imprensa da época, embora tenha descurado o rigor necessário à produção do artigo.

A relatora

Francisca Leal