NUJ agenda protesto contra “apoio” da BBC à CBC

O Sindicato Nacional dos Jornalistas (NUJ) do Reino Unido convocou para 12 de Setembro, entre as 8 e as 9 horas, um protesto às portas da BBC em Aldwych, Londres, para protestar contra o facto de a emissora pública britânica estar a preencher espaços vazios na programação da Canadian Broadcasting Company (CBC).

Há quase um mês que a emissora canadiana impede a entrada de 5.500 trabalhadores nas suas instalações, como retaliação por estes terem votado a favor de uma greve, na sequência de divergências com a administração acerca de trabalho temporário e direitos sindicais.

Para preencher os espaços vazios criados pela sua atitude unilateral, a CBC tem vindo a utilizar grandes quantidades de material da BBC World, o que motivou protestos dos sindicatos britâncios NUJ e BECTU e também da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ) e da Federação Europeia de Jornalistas (FEJ).

A BBC defende-se dizendo que tem um contrato comercial a honrar e que nada pode fazer, mas tal atitude é encarada pelos sindicatos como uma posição de “apoio” à CBC que “fere a reputação de imparcialidade da BBC”, razão pela qual foi convocado o protesto às portas da Bush House, que se enquadra num dia internacional de protesto promovido pela FIJ.