Manifestação em Madrid em defesa da RTVE

Cerca de 8000 pessoas manifestaram-se a 17 de Dezembro em Madrid em defesa de uma radiotelevisão pública “moderna, forte e com uma produção própria e plural”.

A manifestação foi convocada pelos sindicatos da RTVE (SPM, CCOO, UGT, USO e APLI) e apoiada pela Plataforma em Defesa da Rádio e Televisão Pública, uma organização que integra mais de meia centena de organizações sociais e culturais.

A iniciativa visou pressionar o governo central para que “o plano de viabilização que está a ser preparado não menospreze a qualidade do serviço, mantenha a actual estrutura territorial e não inclua redução de pessoal”.

Os sindicatos da RTVE pretendem igualmente que o governo negoceie com eles o futuro modelo de radiotelevisão pública, em preparação no Congresso, tanto mais que se fala no despedimento de 5000 trabalhadores e no desmantelamento dos centros regionais.

Entretanto, os trabalhadores da RTVE criaram uma página na Internet http://defensa-rtv.publica.tv/firmar/addentry.php para receber apoios às suas exigências, centradas num serviço público “forte, independente, de qualidade e tecnicamente viável”, com um modelo de gestão eficiente e capaz de participar activamente no desenvolvimento da rádio e da televisão digital.