Jornalistas freelance britânicos em protesto

Os jornalistas freelance britânicos afectos ao Sindicato Nacional de Jornalistas (NUJ) assinalam hoje, 7 de Junho, um Dia Nacional de Acção contra os baixos pagamentos e os abusos de direitos de autor, os dois maiores problemas que os afectam.

Os pontos altos do dia serão uma manifestação no exterior da BBC Worldwide, editora da revista “Radio Times”, que impõe contratos abusivos dos direitos de autor dos jornalistas freelance, e uma exposição aos membros do parlamento escocês, além de acções em muitas outras cidades do Reino Unido.

“Este dia de acção vai ser o início de uma campanha que não parará até que acabe a exploração e abuso dos jornalistas freelance”, afirmou Jeremy Dear, secretário-geral do NUJ.

A posição deste dirigente sindical é reforçada por Tim Dawson, do núcleo freelance do NUJ, para quem é ridículo que os pagamentos de alguns jornais nacionais a freelancers mal tenham mudado nos últimos dez anos, uma situação que não é melhor nos órgãos regionais.