Jornal confiscado na Bielorrússia

Os 250 mil exemplares de uma edição especial do jornal “Narodnaya Volya”, dedicada às eleições, foram confiscados por agentes da polícia bielorrussa, denunciou a 6 de Março, em conferência de imprensa, o chefe-de-redacção do título, Iosef Serdiyevich.

Os dois camiões que transportavam os jornais da gráfica – situada na cidade russa de Smolensk – para a capital bielorrusa, Minsk, foram parados pela polícia na noite de 3 de Março quando atravessavam a região fronteiriça de Vitebsk, tendo os exemplares sido confiscados sob a acusação de “violarem as leis eleitorais”.

Iosef Serdiyevich garante que o título não violou qualquer lei e que a sua edição especial apenas relatava as actividades dos candidatos da oposição às eleições presidenciais de 19 de Março, incluindo a notícia da agressão levada a cabo por polícias à paisana contra o candidato Alyaksandr Kazulin e vários jornalistas.