Greve suspensa no grupo South Yorkshire Newspapers

Conversas “construtivas” com a administração do South Yorkshire Newspapers levaram os jornalistas daquele grupo britânico de imprensa a decidir regressar ao trabalho a 3 de Agosto, suspendendo assim uma greve de dez dias consecutivos.

Durante as últimas semanas, as publicações “Doncaster Free Press”, “Doncaster Advertiser”, “South Yorkshire Times”, “Epworth Bells”, “Goole Courier”, “Gainsborough Standard” e “Community Newsletter” foram afectadas pela paralisação, a qual “não foi tomada de ânimo leve” pelos trabalhadores.

Na base do protesto estiveram os cortes financeiros no grupo e a canalização dos lucros recorde de 2005 – 177,7 milhões de libras (260 milhões de euros) – para os accionistas da Johnston Press (empresa-mãe do grupo), ao mesmo tempo que o poder de compra dos trabalhadores e o número de funcionários era reduzido a ponto de ser quase impossível prestar um serviço informativo profissional.