Grande adesão à greve de jornalistas na Grécia

Os sindicatos de jornalistas gregos conseguiram uma elevada adesão à greve marcada para terça-feira, dia em que não houve serviços noticiosos nas rádios e televisões públicas e privadas, nem actualizações de informação em órgãos online, e que levou ainda a que os jornais de quarta-feira não saíssem.

A acção visava protestar contra a má gestão dos fundos de reforma estatais, tema que conduziu à demissão do ministro do Trabalho grego a 28 de Abril, após semanas de críticas às opções de investimento polémicas que foram tomadas pelos gestores públicos.