FEJ preocupada com situação na Polónia

A Assembleia Geral da Federação Europeia de Jornalistas (FEJ), reunida em Zagreb, aprovou por unanimidade uma moção proposta pelo Sindicato dos Jornalistas (SJ) e pelos seus congéneres SNJ/CGT, de França, e CoMedia, da Suíça, relativa a pressões e perseguições a jornalistas e outros cidadãos que estão a ter lugar na Polónia, devido às convicções políticas presentes ou passadas destes.

A referida moção exorta os jornalistas a lutar contra a estigmatização e a perseguição, sobretudo contra as pressões com vista ao despedimento exercidas sobre os seus camaradas, e outros cidadãos, sob o pretexto de terem “colaborado com o regime comunista”.

Esta moção foi apresentada como complemento duma declaração do Comité Director da FEJ, também ela adoptada por unanimidade pela Assembleia.