ERC debate imigração e diversidade na imprensa e na TV

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) realiza, a 15 de Dezembro, no Auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian, uma conferência subordinada ao tema “Imigração e diversidade étnica, linguística, religiosa e cultural na imprensa e na televisão”, que conta com a participação de jornalistas, investigadores e membros de comunidades imigrantes.

Com entrada livre, mas sujeita a inscrição prévia, este encontro servirá para apresentar um estudo realizado pela ERC, em parceria com o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural (ACIDI) e a Universidade de Coimbra, sobre a cobertura jornalística da imigração na imprensa e na televisão em 2008.

O programa começa às 10 horas, com intervenções de Rui Vilar, presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, Azeredo Lopes, presidente do Conselho Regulador da ERC, e Diogo Freitas do Amaral, ex-presidente da Assembleia-Geral das Nações Unidas e ex-Ministro dos Negócios Estrangeiros.

Pelas 11 horas, é feita uma apresentação de vários “casos” divulgados pela comunicação social em 2008 e 2009, que estará a cargo de Tânia Soares, Telmo Gonçalves e Maria Manuel Bastos (todos da ERC) e contará com comentários dos directores de informação da RTP, SIC e TVI, do ex-Alto Comissário Rui Marques, do padre Vaz Pinto, director da revista “Brotéria”, e de Pedro Góis, da Universidade de Coimbra, seguido de debate.

Da parte da tarde, a partir das 15 horas, Isabel Ferin e Clara Almeida Santos apresentam o já referido estudo da ERC, ACIDI e Universidade de Coimbra, tendo como comentadores convidados os jornalistas Octávio Ribeiro (“Correio da Manhã”), Pedro Coelho (SIC), Céu Neves (“Diário de Notícias”), Carlos Raleiras (TSF) e Ricardo Dias Felner (“Sábado”), bem como de Rosa Cabecinhas, da Universidade do Minho.