Diário eslovaco condenado a multa elevada

O tribunal regional de Bratislava, na Eslováquia, deliberou a 15 de Dezembro que o diário “Sme” terá de pagar três milhões de coroas eslovacas (cerca de 77 mil euros) de indemnização ao juiz Harald Stiffel, por alegada difamação.

A sentença foi contestada pelo Instituto Internacional de Imprensa (IPI), que reclama contra a ausência de uma oportunidade de recurso, considera a indemnização como “proibitiva” e destinada a deixar o “Sme” à beira da falência, transformando-o num aviso para outros órgãos que se atrevam a contestar os poderes públicos.

No artigo publicado pelo “Sme”, o magistrado do Supremo Tribunal eslovaco era apontado como “parcialmente responsável” pela sentença de seis meses de prisão atribuída, em 1981, ao padre católico Jozef Labuda, por este ter realizado uma missa sem aprovação do Estado – uma alegação negada por Harald Stiffel.