Bomba explode em apartamento de jornalista búlgaro

Uma bomba explodiu na madrugada de 6 de Abril no apartamento do jornalista de investigação Vasil Ivanov, que denunciou recentemente abusos de reclusos na Prisão Central de Sofia, capital da Bulgária.

O repórter da Nova Television não estava em casa no momento da explosão e a sua mãe e irmã, que estavam no interior do apartamento, não sofreram quaisquer ferimentos, apesar de a bomba ter causado grandes danos materiais, inclusivamente aos elevadores e áreas comuns do prédio.

“Toda a imprensa búlgara está abalada com este ataque brutal ao nosso colega”, afirmou Krasimira Krasteva, directora do departamento de informação da Nova Television, destacando que o facto do seu jornalista de 33 anos denunciar vários casos de corrupção e das suas reportagens terem resultados práticos fazem dele um alvo preferencial dos criminosos.

Este atentado surge numa altura política muito sensível para a Bulgária, pois a 16 de Maio a União Europeia irá decidir se concede a entrada do país na UE em 2007 ou se atrasa a adesão em mais um ano, sendo que a avaliação comunitária vai passar pela eficácia daquele país da Europa de Leste no combate à corrupção e ao crime organizado.