Eleitos os órgãos da CCPJ

Os jornalistas Daniel Ricardo, Rosária Rato e Paulo Martins foram eleitos, no dia 24 de Julho, para o Secretariado e para a Secção Disciplinar da Comissão da Carteira Profissional de Jornalista (CCPJ).

Na reunião plenária, os jornalistas eleitos pela classe para a CCPJ e os jornalistas e equiparados designados pelas empresas elegeram os dois órgãos executivo e disciplinar. Na reunião anterior, haviam cooptado o presidente da CCPJ, reconduzindo no cargo o juiz desembargador Pedro Mourão.

O Secretariado da CCPJ será assegurado pelo respectivo presidente e por Daniel Ricardo (“Visão”), eleito pela classe para a Comissão pelos jornalistas, e Albérico Fernandes (Impresa), designado pela Confederação Portuguesa de Meios de Comunicação Social (CPMCS).

A secção disciplinar vai ser composta, no primeiro ano de mandato, por Rosária Rato (Lusa) e Paulo Martins (“Jornal de Notícias”), eleitos pelos jornalistas, e ainda por Henrique Pires Teixeira, advogado e detentor de título de equiparado como director do jornal “Comarca de Figueiró dos Vinhos”, designado pela CPMCS.

Além dos elementos já referidos, o Plenário da CCPJ integra os jornalistas Maria Flor Pedroso (RDP), eleita pela classe, Mário Moura (TVI) e Pedro Leal (Rádio Renascença), ambos designados pela CPMCS.

Recorde-se que a CCPJ é um organismo independente de direito público, ao qual incumbe assegurar o funcionamento do sistema de acreditação profissional dos jornalistas, equiparados a jornalistas, correspondentes e colaboradores da área informativa dos órgãos de comunicação social, bem como o cumprimento dos respectivos deveres profissionais estabelecidos no Estatuto do Jornalista.

Aguarda-se a publicação oficial da composição da CCPJ no “Diário da República”.