Etiqueta: media

SJ apela às autoridades para investigarem pirataria de jornais e revistas

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) denuncia, e apela às autoridades competentes para que investiguem, a circulação de edições de jornais e revistas portugueses em PDF, totalmente gratuitas. A existência destas publicações é a condenação à morte do jornalismo como serviço público. As dificuldades financeiras da comunicação social agudizaram-se com a crise desencadeada pela pandemia de covid-19.  O risco de este setor colapsar existe e a prová-lo estão os apelos feitos recentemente ao Governo para assumir medidas de apoio aos media, lançados quer pelo SJ, quer pela Plataforma dos Media Privados e pela Associação Portuguesa de Imprensa, que agregam vários órgãos de comunicação social.… ler mais

SJ saúda iniciativa dos Açores para apoiar comunicação social privada

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) saúda a iniciativa do Governo Regional dos Açores de apoiar os órgãos de comunicação social privada “no valor de 90% da retribuição mínima mensal regional, por trabalhador, com contrato de trabalho, por mês”. O “apoio excecional” será prestado durante os meses de abril e maio, “para garantir o funcionamento, em termos de recursos humanos, das respetivas redações, comprometendo-se a entidade a não reduzir o seu nível de emprego, sob pena de ter de devolver o apoio concedido”. O Governo Regional aprovou a medida como “fundamental para garantir que os órgãos de comunicação social privados com… ler mais

SJ denuncia obstáculos ao jornalismo

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) tem recebido, nos últimos dias, várias denúncias de jornalistas de todo o país, que estão a ser impedidos de fazer o seu trabalho, por falta de colaboração das entidades oficiais. Com a ativação dos planos municipais de emergência e proteção civil, muitos presidentes de câmara assumiram o comando das operações, numa lógica de vedar a informação, ou, nalguns casos, de escolher os jornalistas a quem facultam dados, numa violação clara da lei e do direito à informação. Em Pombal, o presidente da câmara decidiu fazer um briefing diário com os órgãos locais, escolhendo apenas três… ler mais

SJ pede apoio de emergência à comunicação social

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) apela ao Governo que aprove, o quanto antes, um pacote de apoios à comunicação social, sob pena de o setor colapsar, no quadro do atual contexto de epidemia. Confrontados com uma pandemia que terá um brutal impacto económico, importa assegurar, mais do que nunca, a preservação do jornalismo, um dos pilares da democracia. Nesse sentido, o SJ saúda a decisão do Governo de autorizar que os quiosques de venda se mantenham abertos. O jornalismo, e o que ele produz, são um bem de interesse público, cuja circulação não deve, em caso algum, ser interrompida. Manter… ler mais

Fotojornalistas dão visibilidade à crise causada pela Covid-19

  O Sindicato dos Jornalistas (SJ) saúda a iniciativa de um grupo de fotojornalistas portugueses de ir publicando imagens, numa conta de Instagram, que mostram o quotidiano em tempos de crise causada pelo coronavírus. Esta (https://www.instagram.com/everydaycovid/) foi a resposta de dezenas de fotojornalistas ao facto de a maioria dos órgãos de comunicação social portugueses estar a deixar de registar em imagens, progressivamente, o que se passa no país. Essa opção deve-se, em parte, ao receio legítimo de enviar repórteres fotográficos para a rua. Mas a responsabilidade jornalística não pode ser confinada ao isolamento, sob pena de serem ocultadas as imagens… ler mais

Cobertura do coronavírus: dicas para Jornalistas

A escalada do coronavírus representa um desafio acrescido para os jornalistas. Deles depende uma das mais importantes armas contra a Covid-19: informação rigorosa. Mas isso também os transforma em profissionais de risco, tendo de lidar com doentes e técnicos que possam estar em perigo de contágio. Pelas funções que exercem, muitos jornalistas não podem refugiar-se em casa. Por ser uma ameaça com proporções novas e gravosas, as questões éticas relacionadas com a cobertura da pandemia revestem-se de especial importância. Para ajudar a responder aos novos desafios trazidos por uma doença contagiosa e potencialmente mortal, várias organizações internacionais têm vindo a… ler mais

O jornalismo faz-se com perguntas, mesmo em tempos de crise

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) destaca que, mesmo em tempos de crise, é imperioso assegurar a liberdade de imprensa e o direito à informação, fundamentais em democracia. Numa altura em que as diferentes instituições e vários responsáveis políticos e sanitários estão já, e bem, a adotar mudanças na forma como comunicam a informação, o SJ considera fundamental que as conferências de imprensa se mantenham, ainda que online. Reduzir a informação a meras declarações, unidirecionais e que não permitem o exercício do contraditório, não contribuem para o esclarecimento da população. No quadro das restrições impostas, o SJ alerta para a importância… ler mais

SJ recomenda teletrabalho e mudança de equipas a cada 15 dias

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) recomenda aos órgãos de informação que recorram ao teletrabalho ou, no caso de isso não ser possível, que estabeleçam equipas de trabalho quinzenais e que os trabalhadores de cada uma dessas equipas não se cruzem entre si. Esta é uma medida de prevenção básica, que respeita a indicação de que o novo coronavírus tem um período de incubação de 14 dias. O SJ deixa um exemplo: se um trabalhador infetado trabalhar no primeiro período de 15 dias e depois for para casa e voltar à redação, nem que seja por um dia, no segundo período… ler mais

Negócio Cofina / Media Capital

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) segue com atenção os recentes desenvolvimentos do negócio Cofina-Media Capital. O SJ manifestou, em tempo oportuno, opinião desfavorável ao negócio, apesar da aprovação das entidades reguladoras, por receio de concentração excessiva dos media, com efeitos na pluralidade da informação. O SJ foi a primeira entidade a alertar, também, para o risco de degradação das condições de trabalho dos jornalistas e o alastramento de práticas de desregulação e desrespeito pelo trabalho que poderiam advir da concretização do negócio. Perante as notícias da desistência da compra, o SJ reitera que se mantém atento, considerando  fundamental o cabal… ler mais

SJ pede esclarecimentos à administração da rádio Estádio

A rádio Estádio, que iniciou as emissões em maio de 2019, chegou ao fim por dificuldades financeiras. De acordo com as notícias divulgadas neste fim de semana, o fecho da empresa foi comunicado aos trabalhadores na sexta-feira, 6 de março. Na empresa trabalham 12 jornalistas, que reclamam o pagamento de dois meses de salários em atraso, assim como o subsídio de Natal de 2019, que, até à data, não foi liquidado. O Sindicato dos Jornalistas (SJ) já pediu uma reunião de urgência à administração da Rádio Estádio. O SJ manifesta a sua solidariedade para com os jornalistas que ali trabalham, disponibilizando-se… ler mais