Etiqueta: Dia Internacional da Mulher

SJ apoia campanha que exige auditorias de género nos media

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) apoia a campanha #PayMeEqual, da Federação Internacional de Jornalistas (FIJ), que insta os órgãos de informação a realizarem auditorias salariais e combaterem a desigualdade entre mulheres e homens nas redações A campanha global #PayMeEqual – lançada hoje, Dia Internacional da Mulher – assenta na premissa de que “é tempo de acabar com a desigualdade salarial nos media”. A FIJ realça que “o jornalismo não é exceção” à “injustiça” da disparidade salarial – que, no mundo, atribui aos homens salários 23% superiores aos das mulheres por trabalho de igual valor. “A ausência de dados desagregados por género e de transparência salarial nos media são as principais barreiras à negociação para reduzir as desigualdades salariais”, alerta a FIJ. A presidente do Conselho de Género da FIJ, María Angeles Samperio, citada no comunicado, defende que são necessárias “auditorias salariais nas redações, para ajudar a eliminar as disparidades salariais de género”.

Mulheres jornalistas trabalham mais horas, mas ganham e chefiam menos

As mulheres que exercem jornalismo em Portugal trabalham mais horas do que os homens, mas ganham aproximadamente menos 80 euros líquidos por mês e ocupam apenas 37% dos cargos de chefia e liderança, segundo dados de um inquérito realizado por uma equipa do ISCTE-IUL.   Descarregar versão PDF   Para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a 8 de Março, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) decidiu recuperar os dados do inquérito realizado por uma equipa do ISCTE para o 4.º Congresso dos Jornalistas, numa perspetiva de género. Recorde-se que, de acordo com o último grande inquérito aos jornalistas, realizado pelo ISCTE para o Congresso de 2017, 48,2% dos jornalistas são mulheres (alguns inquéritos até já lhes atribuem percentagem superior). O inquérito revela que as jornalistas têm níveis de educação superiores (54% têm licenciatura, enquanto os homens se ficam pelos 34%) e trabalham mais horas (43% trabalham entre 41 e 50 horas semanais, enquanto os homens na mesma situação são 33% ler mais