SJ solidário com iniciativas dos trabalhadores da TSF

O Sindicato dos Jornalistas (SJ) continua a acompanhar a situação no Global Media Group (GMG), na qual se enquadram as recentes iniciativas dos trabalhadores da TSF.

O SJ considera positivas as audiências tidas pelos representantes dos trabalhadores na Presidência da República, onde foram recebidos pelos assessores para as áreas do trabalho e da comunicação, e no Ministério da Cultura, onde foram recebidos pelo secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva.

As conversas serviram, sobretudo, para sensibilizar a Presidência e o Governo para tudo aquilo que foi sendo dito nas decisões que foram tomadas nos vários plenários realizados na rádio e para as preocupações com o estado financeiro do Global Media Group, e o seu potencial impacto nos postos de trabalho, e com a matriz editorial da TSF e as incertezas sobre o modelo futuro.

O SJ sublinha o acompanhamento dado pela Presidência da República e pelo Governo ao que se passa no grupo e na TSF.

De salientar também a informação prestada pelos trabalhadores da TSF a todos os grupos parlamentares e deputados únicos, que motivou, até agora, perguntas da parte de PCP, BE e PEV.

O SJ reitera  a sua solidariedade para com os trabalhadores da TSF, garantindo que vai continuar a acompanhar a situação.