Menu Fechar

SJ reivindica propostas concretas para os media

A Direção do Sindicato dos Jornalistas enviou, hoje, ao Governo e aos grupos parlamentares uma proposta com medidas concretas de financiamento dos media.

Na sequência da conferência sobre financiamento dos media, realizada nos dias 2 e 3 de dezembro, na Cidadela de Cascais, que contou com o alto patrocínio do Presidente da República, o Sindicato dos Jornalistas expõe uma série de propostas concretas dirigidas a jornalistas, cidadãos em geral, empresas de comunicação social e agentes externos relacionados com o setor.

No dia de apresentação do Orçamento do Estado para 2020, o SJ lamenta a ausência de medidas de apoio à comunicação social em geral e alerta para a insuficiência dos apoios previstos, nomeadamente o porte pago, na proposta do Governo, que precisa de ser revista de forma mais ambiciosa.

O Sindicato dos Jornalistas espera que a proposta possa ser revista em sede de especialidade.

O SJ defende que a comunicação social, enquanto bem público e um pilar da democracia, deve ser considerada um setor estratégico para a economia, ao qual deverão ser alocadas verbas, nomeadamente em sede de Orçamento do Estado, com programas específicos e bem definidos, que correspondam à relevante função social que desempenha.

Descarregue o ficheiro aqui