SJ protesta contra bloqueio a jornalistas portugueses


O bloqueio imposto a jornalistas portugueses na cobertura do encontro entre o secretário de Estado norte-americano e primeiro-ministro israelita, a 4 de dezembro, em Lisboa, será objeto de um protesto do Sindicato dos Jornalistas junto das Embaixadas dos dois países.
O SJ considera que tal opção – de excluir os jornalistas portugueses da cobertura de uma reunião em solo nacional e aberta a outros órgãos de informação estrangeiros – põe em causa o acesso às fontes de informação e revela um comportamento antidemocrático e atentatório contra a liberdade de imprensa.

O SJ recorda que o impedimento do acesso por parte de jornalistas a um acontecimento de interesse informativo nacional ou internacional deve merecer o repúdio dos próprios órgãos de comunicação social, devendo e podendo estes recusar-se a noticiar o mesmo.