SJ presente em nova concentração contra despedimento no GMG

No dia em que vai decorrer a segunda reunião de informação e negociação relativa ao processo de despedimento coletivo no Global Media Group, o Sindicato dos Jornalistas (SJ) far-se-á representar, de novo, reafirmando a sua solidariedade, na concentração convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores das indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Norte (Site-Norte) para esta quinta-feira.

Trata-se da segunda ação de denúncia pública de um despedimento que envolve 81 trabalhadores, entre os quais 17 jornalistas, do DN, JN, O Jogo e outras publicações.

O SJ reafirma que esta é uma decisão inaceitável,  sobretudo porque ocorre depois de o GMG ter recorrido a apoios do Estado, nomeadamente ao layoff simplificado aplicado a cerca de 530 trabalhadores. 

O SJ reafirma que o layoff não pode servir para financiar despedimentos. 

O SJ não aceita que sejam sempre os trabalhadores a pagar a fatura dos erros de gestão e junta-se solidariamente à iniciativa do Site-Norte.

O protesto está agendado para quinta-feira, 10 de dezembro, às 14h00, em frente ao edifício do Jornal de Notícias, no Porto.

O SJ apela aos seus associados para que se unam e se juntem a esta concentração.