SJ pede esclarecimentos urgentes à PGR sobre vigilância de jornalistas

O Sindicato dos Jornalistas pediu hoje esclarecimentos urgentes à procuradora-geral da República (PGR) depois de ter sido informado de que dois jornalistas de dois órgãos de informação terão sido vigiados por autoridades públicas, numa clara violação do seu sigilo profissional e da proteção das fontes de informação.

O caso mencionado está descrito em vários órgãos de informação (desde logo naqueles para que trabalham os jornalistas visados, aqui https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/ministerio-publico-mandou-psp-vigiar-e-fotografar-jornalistas e aqui https://tvi24.iol.pt/sociedade/vigilancia/ministerio-publico-manda-psp-espiar-jornalistas).

O Sindicato dos Jornalistas solicitou esclarecimentos urgentes à PGR sobre esta matéria e um cabal e rápido apuramento de responsabilidades, alertando para a gravidade deste precedente e os constrangimentos que coloca ao exercício de um jornalismo livre e independente, fundamental em democracia.