Sindicatos suspendem greve na BBC

O Sindicato Nacional de Jornalistas britânico (NUJ), o BECTU e o Amicus desconvocaram a greve de 48 horas na BBC – que estava marcada para 31 de Maio e 1 de Junho –, de modo a colocarem à avaliação dos trabalhadores a proposta feita pela direcção da empresa durante as negociações no serviço de conciliação ACAS.

“Após 20 horas de conversações no ACAS com a direcção da BBC e negociações separadas cara-a-cara com o director-geral Mark Thompson, os sindicatos da BBC concordaram em apresentar a mais recente proposta da empresa numa reunião de representantes, na terça-feira, dia 31”, explicaram em comunicado as três estruturas sindicais.

Apesar de não recomendarem a aceitação da proposta, uma vez que esta não responde adequadamente às preocupações com a perda de empregos – embora faça concessões significativas em relação à privatização –, os sindicatos desconvocaram a paralisação como “gesto de boa-vontade”, mas reservam-se o direito de reconvocar a acção, caso a proposta seja rejeitada.