Repórter russo detido por difamação

O jornalista freelance Mikhail Afanassiev foi detido pelas autoridades russas a 9 de Dezembro, em Abakan, na região autónoma da Khakassia, devido a uma acusação de difamação.

O artigo que motivou a queixa contra o repórter russo foi publicado a 6 de Dezembro no sítio www.nacbez.ru, sob o título “Um Gangue de Caçadores Tomou o Poder”.

No momento da detenção, Mikhail Afanassiev preparava-se para viajar para Moscovo, onde iria receber o Prémio Sakharov da Glasnost Defence Foundation, galardão que, segundo a Repórteres Sem Fronteiras (RSF), é atribuído aos “jornalistas mais corajosos”.

Conhecido pelos seus trabalhos de investigação em temáticas sensíveis, Mikhail Afanassiev já foi acusado este ano cinco vezes por difamação, sendo que três das queixas foram retiradas posteriormente.