Protótipo de biblioteca digital europeia já está no ar

Apresentar alternativas europeias à digitalização de livros e documentos é um dos objectivos da Europeana, uma biblioteca digital cujo protótipo já está disponível online devido a um esforço de bibliotecas nacionais de França, Hungria e Portugal.

Actualmente, este espaço permite o acesso a cerca de 12 mil obras em domínio público, mas pretende alcançar até 2010 um acervo de seis milhões de livros, filmes, fotografias e outros documentos de países de toda a União Europeia.

“Queremos que a Europa não seja totalmente abandonada a um motor de busca norte-americano”, afirmou Jean-Noël Jeanneney, director da Biblioteca Nacional de França, numa clara alusão ao Google e à sua corrida para criar um biblioteca online de grande dimensão, anunciada em Dezembro de 2004, e a que entretanto se juntaram, como concorrentes, outras multinacionais dos EUA, como o Yahoo, a Microsoft e a Amazon.

Em relação a estes projectos, a Europeana tem duas grandes diferenças: baseia-se na infraestrutura já existente da rede de bibliotecas públicas europeias e está em francês, em vez de inglês.

Porém, a concorrência directa com os projectos privados norte-americanos também está nos planos do Velho Continente, uma vez que a Comissão Europeia anunciou que irá financiar um outro projecto de biblioteca europeia em inglês, a European Library.