Parecer do CD sobre a queixa apresentada por Plácido Cavaco Nobre

Parecer do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas sobre a queixa apresentada por Plácido Cavaco Nobre sobre acidente ocorrido na linha de caminho de ferro em Vila Real de Santo António (síntese) – 12 Outubro de 2009 – Relatora Otília Leitão.

O Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas, na apreciação sobre eventuais infracções às regras éticas e deontológicas na feitura de uma notícia publicada no jornal «Correio da Manhã», em Julho de 2009, a propósito de um acidente em Vila Real de Santo António, considerou que o autor não infringiu qualquer norma por ter relatado um acontecimento na via pública que vitimou o queixoso. A notícia foi publicada dois dias após a ocorrência.

A queixa foi apresentada por Plácido Cavaco Nobre, elemento da GNR, em 20 de Agosto, alegando infracção das alíneas a) e g) do artig.º 14 do Estatuto dos Jornalistas.

O CD lamenta o drama que atingiu o queixoso que lhe causou consequências gravosas, por motivos alheios e não imputáveis ao jornalista Teixeira Marques.

O CD reafirma a importância do rigor na matéria informativa e o cumprimento escrupuloso das regras éticas e deontológicas a que todos os jornalistas se comprometem a cumprir quando recebem o seu título profissional.