RAFAEL MARQUES IMPEDIDO DE SE DESLOCAR A LISBOA

O Sindicato dos Jornalistas entregou ao embaixador angolano em Lisboa uma nota de protesto dirigida ao presidente da República de Angola, contra o novo acto de violência cometido contra o jornalista Rafael Marques, cujo passaporte foi confiscado no aeroporto de Luanda, quando se propunha embarcar com destino a Lisboa.… Ler mais

Greve na Agência Lusa tem adesão maciça

A greve dos jornalistas da agência Lusa, analisada às 15 horas do seu primeiro dia, denotava uma adesão maciça, inclusivé ao nível das chefias, verificando-se no entanto alguns procedimentos ilegais, que determinaram o Sindicato dos Jornalistas a apresentar queixa à Inspecção Geral do Trabalho.… Ler mais

AUTO DE NOTÍCIA LEVANTADO NA LUSA PELA IGT

Na sequência da denúncia feita pelo Sindicato dos Jornalistas à Inspecção Geral do Trabalho, este organismo apurou várias infracções à lei no decorrer da greve da agência Lusa, pelo que levantou um auto de notícia por substituição de trabalhadores em greve e notificou a empresa em relação a este e outros casos assinalados.… Ler mais

Administração da Lusa mantém intransigência

Em vésperas da greve decidida pelos jornalistas da Agência Lusa como forma de luta contra a intransigência negocial da administração da empresa, o Sindicato dos Jornalistas procurou resolver o impasse pelo reatamento do diálogo, mas as suas diligências resultaram infrutíferas ao esbarrarem em condicionamentos inaceitáveis.… Ler mais

Jornalistas da Lusa decidem greve de quatro dias

Consultados por voto secreto, de acordo com o que fora decidido em plenário da redacção, sobre a realização de uma greve de quatro dias contra a intransigência negocial da administração da empresa, os jornalistas da Agência Lusa deliberaram maioritariamente assumir essa forma de luta, habilitando o SJ a apresentar o respectivo pré-aviso.… Ler mais

Greve na Lusa a decidir por voto secreto

Em plenário da redacção, os jornalistas da Lusa deliberaram, por unanimidade, pronunciar-se, mediante voto secreto, sobre a convocação de uma greve de quatro dias, abrangendo as datas de 14 a 17 de Dezembro, a fim de responderem à intransigência da administração da empresa quanto às suas legítimas reivindicações no processo negocial em curso.… Ler mais

Jornalista moçambicano assassinado em Maputo

Considerando um atentado à liberdade e à democracia o homicídio, em Maputo, do jornalista moçambicano Carlos Cardoso, editor do jornal «Metical», que procedia a investigações sobre corrupção, o Sindicato dos Jornalistas emitiu um comunicado repudiando o hediondo crime.… Ler mais

Os jornalistas e a luta dos guardas prisionais

O Sindicato dos Jornalistas recebeu uma delegação do Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional, que solicitou apoio a várias acções reivindicativas que vai desencadear, manifestando a sua disponibilidade para prestar todos os esclarecimentos que os jornalistas lhes queiram solicitar sobre os propósitos que os animam.… Ler mais

Nova economia, velhos direitos

Ao deparar com um movimento de concentrações sem precedentes no âmbito da comunicação social portuguesa, o Sindicato dos Jornalistas emitiu um comunicado, chamando a atenção para os efeitos nocivos desse fenómeno, que entre outras coisas põe em causa o pluralismo da informação ao diminuir as opções profissionais dos jornalistas.… Ler mais

Palavras do presidente cessante

No acto de posse dos novos corpos directivos do Sindicato dos Jornalistas, eleitos em Outubro de 2000, o presidente cessante, João Isidro, ao usar da palavra antes do seu sucessor, pronunciou um discurso a que deu o título «Um voto de esperança».… Ler mais

Atribuições do Conselho Geral

Em conformidade com o estipulado nos Estatutos do Sindicato dos Jornalistas, que lhe consagra um capítulo com três artigos, o Conselho Geral tem alçada sobre importantes questões da vida sindical, devendo reunir obrigatoriamente duas vezes por ano, uma em cada semestre.… Ler mais

Divulgação de conversas entre cidadãos

A publicação de afirmações polémicas atribuídas ao ex-ministro das Finanças, António de Sousa Franco, por este alegadamente proferidas em voz alta num restaurante lisboeta frequentado por jornalistas, assumiu foros de escândalo e justicou um comunicado a propósito do Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas.… Ler mais

Sobre o ponto 6 do Código Deontológico

A faculdade de invocação abusiva do ponto 6 do Código Deontológico do Jornalista (relativa à eventual denúncia de fonte traiçoeira) determinou o Conselho Deontológico a analisar o problema à luz de várias situações e a ponderar a sua eliminação, a fim de evitar que a excepção possa ser invocada como regra.… Ler mais

Nota sobre revelação de fontes confidenciais

O Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas condenou o comportamento do director do «Jornal da Madeira», Rui Nogueira Fino, pela forma como violou o segredo prissional, ao denunciar publicamente uma fonte confidencial de informação com o deliberado intuito de a prejudicar.… Ler mais

Subjornalismo e devassa da intimidade

A propósito de um conjunto de manifestações subjornalísticas de devassa da intimidade, veiculadas sob o pseudónimo «Dantas» no «Semanário», o Conselho Deontológico do Sindicato dos Jornalistas decidiu tornar pública a sua posição de repúdio não só por esta forma de antijornalismo, mas também pelo antijornalismo dos que lhe deram repercussão.… Ler mais

Atribuições

Normas estatutárias que determinam as atribuições e competências da Assembleia Geral e dos membros da respectiva Mesa, inclusivé no respeitante às convocatórias de reuniões ordinárias e extraordinárias, nomeadamente para fins eleitorais.… Ler mais