Morreu o jornalista Pedro Camacho

O jornalista Pedro Camacho, ex-diretor de informação da Lusa e atualmente à frente da Direção de Inovação e Novos Projetos da agência de notícias, morreu no sábado, aos 59 anos, vítima de covid-19, depois de várias semanas internado no Hospital de Cascais.

Pedro Camacho liderou a Lusa entre 2015 e 2018, depois de ter dirigido a revista Visão entre 2005 e 2015. No seu currículo constam passagens pelos jornais Público e Diário de Notícias, nos quais, entre várias funções, foi responsável pelas respetivas editorias de Economia.

Membro de uma família ligada ao jornalismo, era filho de Rui Camacho, antigo chefe de redação da Agência de Notícias de Portugal (ANOP), e de Helena Marques, jornalista e escritora que faleceu a 20 de outubro, também vítima de covid-19.